domingo, 8 de agosto de 2010

.


Desde que o mundo é tal mundo
Lateja num peito uma dor
Talvez que ninguém entenda
Nem precisa, já passou

Num sorriso vão se esconde
Até encontrar pela cama
Uma lágrima bem tímida
Nascida assim, feito uma flor

Vai passando, passa logo
Não demora vem manhã
Some a chama, se acalmou

Muito obrigado, digo eu
Do que lá seria um poeta
Se a ele não lhe chega a dor?


Frase do dia:
"A vida é um jogo de tênis entre opostos polares. Vencer e perder, amar e detestar, abrir e fechar. É útil reconhecer esse fato doloroso desde cedo. Depois, reconheça os opostos polares em seu íntimo e, se não conseguir acolher os dois, ou reconciliá-los, pelo menos aceite-os e siga em frente. A única coisa que você não pode fazer é ignorar a existência deles."
Andre Agassi

Nenhum comentário:

Postar um comentário